Tratamento conservador do hemangioma bucal

revisão de literatura

Autores

  • Hamilton Rodrigues Tabosa Faculdade Paulo Picanço https://orcid.org/0000-0002-2757-195X
  • Rodrigo Magalhães Monteiro Faculdade Paulo Picanço
  • Antônio Madeiro de Lucena Filho Faculdade Paulo Picanço
  • Dáfne Samira Oliveira Sousa Faculdade Paulo Picanço

DOI:

https://doi.org/10.59483/rfpp.v3n2.83

Palavras-chave:

Hemangioma bucal, Tratamento conservador, Terapia não cirúrgica

Resumo

O hemangioma bucal é um tipo comum de tumor vascular benigno que pode afetar diferentes regiões da boca. O objetivo desta revisão de literatura é examinar a eficácia do tratamento conservador para o hemangioma bucal com base na literatura científica dos últimos 10 anos. Realizamos uma pesquisa bibliográfica nas bases de dados PubMed, Scopus e Web of Science e identificamos 23 estudos que avaliam diferentes técnicas de tratamento conservador, incluindo laser, eletrocoagulação, escleroterapia, embolização, corticosteroides e monitoramento clínico. A maioria dos estudos mostrou que as técnicas de tratamento conservador foram eficazes no controle do crescimento do hemangioma bucal e na redução dos sintomas, como dor e sangramento. Além disso, as técnicas de tratamento conservador apresentaram menos complicações e efeitos adversos em comparação com a cirurgia. No entanto, alguns estudos também apontaram as limitações dessas técnicas, como a necessidade de múltiplas sessões de tratamento, a possibilidade de recorrência e a falta de padronização das técnicas. Com base nos estudos incluídos nesta revisão, concluímos que as técnicas de tratamento conservador podem ser uma opção segura e eficaz para o tratamento do hemangioma bucal. Contudo, mais estudos são necessários para avaliar a eficácia e segurança dessas técnicas a longo prazo, além de comparar diretamente diferentes técnicas de tratamento conservador e avaliar a qualidade de vida dos pacientes após o tratamento.

Biografia do Autor

Hamilton Rodrigues Tabosa, Faculdade Paulo Picanço

Doutor em Ciência da Informação pela UFPB, Mestre em Avaliação de Políticas Públicas e Bacharel em Biblioteconomia pela UFC e Graduando em  Odontologia pela Faculdade Paulo Picanço (FACPP)

Rodrigo Magalhães Monteiro, Faculdade Paulo Picanço

Graduando em Odontologia pela FACPP

Antônio Madeiro de Lucena Filho, Faculdade Paulo Picanço

Bacharel em Engenharia Civil pela Unifor e Graduando em Odontologia pela FACPP

Dáfne Samira Oliveira Sousa, Faculdade Paulo Picanço

Graduanda em Odontologia pela FACPP

Referências

Aitha H; Kubbi JR; Gantala R; Korvipati NK. Sclerotherapy: a conservative approach in the treatment of oral hemangiomas. Journal of Indian Academy of Oral Medicine and Radiology 27(2):291-293, Apr–Jun 2015. [Acesso em 2023 Abr 10]. DOI: 10.4103/0972-1363.170162

Barbosa MA; Custódio G P; Ribeiro IGS; Santos ISS; Kobayashi GLS; Costa JLR; Magalhães GS; Paula DS. (2021) Use of monoetanolamine oleate in the treatment of hemangioma in mucosa jugal: case report . Research, Society and Development, [S. l.],10(5). [Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/15642.

Cabral LFCM et al.(2022). Escleroterapia no tratamento de lesões vasculares orais. Rev. Cir. Traumatol. Buco-Maxilo-Fac, Camaragibe, 22(1): 42-45. [Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em: http://www.revistacirurgiabmf.com/2022/02/Artigos/08ArtClnico.pdf

Caliento R et al.(2014). Tratamento de hemangioma por escleroterapia em aplicação única V. Rev. Cir. Traumatol. Buco-Maxilo-Fac, Camaragibe,14(3): 27-32.[Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em: http://revodonto.bvsalud.org/pdf/rctbmf/v14n3/a05v14n3.pdf.

Coimbra ELS; Panceiro MP; Rocha FL; Santos RG; Braz GG; Rocha ML. (2020). Tratamento de hemangioma em mucosa labial por escleroterapia – Relato de caso clínico. Revista Da Faculdade De Odontologia De Porto Alegre, 61(1):111–117. [Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em: https://doi.org/10.22456/2177-0018.97105

Diniz DA; Nascimento VL; Sá JMA; Silva JCS; Abreu RAB; Souza Júnior FA; Silva AJ; Mendonça TR; Nascimento VHS; Gonçalves KKN; Silva CCG.(2020). Treatment with 5% ethanolamine oil in oral Hemangioma in an elderly patient: case report. Research, Society and Development, 9(9). [Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/7970.

Fekrazad R, Am Kalhori K, Chiniforush N. Defocused irradiation mode of diode laser for conservative treatment of oral hemangioma. J Lasers Med Sci. 2013 Summer;4(3):147-50. [Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/25606323/.

Ferreira SPR; Silva CP; Oliveira RS; Andrade MG; Sousa Júnior JRS; Silva Neto JC.(2021). The use of monoethanolamine oleate (ethamolin®) in the treatment of lingual hemangioma. Research, Society and Development, [S. l.],10(1). [Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/11817.

Gomes JA; Ramalho LMP. (2019). Escleroterapia como tratamento conservador para hemangioma oral: relato de caso. Revista de Ciências Médicas e Biológicas, 18(3):421–424. [Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em: https://doi.org/10.9771/cmbio.v18i3.34416

Higgins JPT, Thomas J, Chandler J, Cumpston M, Li T, Page MJ, Welch VA (editores). Cochrane Handbook for Systematic Reviews of Interventions version 6.4 (September 2020). Cochrane, 2020. [Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em: www.training.cochrane.org/handbook.

Jaeger F et al.(2013). Escleroterapia com oleato de etanolamina a 5% em hemangioma oral: relato de caso clínico. Revista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial, 54(2): 91-94. Sociedade Portuguesa de Estomatologia e Medicina Dentária (SPEMD). [Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1016/j.rpemd.2013.01.004.

Liporaci J; Jorge LJ; Alexandre EB; Valdemar MR.(2006). Hemangioma bucal: terapêutica por esclerose: relato de caso clínico. Revista Internacional de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial, 4(16): 310-315. [Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em: https://repositorio.usp.br/item/001628117.

Maia FPA et al.(2020). Escleroterapia de hemangioma intra oral guiada por ultrassonografia: caso clínico. Salusvita, 39(3):739-750. [Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em: https://secure.unisagrado.edu.br/static/biblioteca/salusvita/salusvita_v39_n3_2020/salusvita_v39_n3_2020_art_08.pdf.

Nery ALB. Tratamento conservador do hemangioma infantil com propranolol: resultados de uma coorte aos 12 meses de seguimento. Aracaju, SE, 2013. TCC (Graduação em Medicina) - Departamento de Medicina, Aracaju, 2013. [Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em https://ri.ufs.br/handle/riufs/7922.

Oliveira LKR; Araújo SCS; Bombarda-Nunes FF; Pigatti FM. Tratamento conservador de hemangioma em lábio: relato de caso. Full dent. sci; 10(37): 104-108, 2018. ilus. [Acesso em 2023 Abr. 12]. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-995733.

Oliveira MMM; Silva BA. Sclerotherapy as treatment of lingual hemangioma: clinical case report. RGO, Rev Gaúcha Odontol. 2020;68:e20200017. [Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1981-86372020000173654

Page MJ; McKenzie JE; Bossuyt PM; Boutron I, Hoffmann TC, Mulrow CD et al. A declaração PRISMA 2020: diretriz atualizada para relatar revisões sistemáticas. Epidemiol. Serv. Saúde. 2022 [Acesso em 2023 Abr 10]; 31(2): e2022107. Disponível em: http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-49742022000201700&lng=pt.

Palma FR et al.(2016). Escleroterapia de hemangioma oral. Relato de caso. Salusvita, 35(1):85-93. [Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em: https://secure.unisagrado.edu.br/static/biblioteca/salusvita/salusvita_v35_n1_2016_art_06.pdf

Pereira E;Araripe Cariri T. (2018). Escleroterapia em lesões vasculares de boca: relato de dois casos clínicos. Revista da Faculdade de Odontologia - UPF, 23(3):315-321. [Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em: https://doi.org/10.5335/rfo.v23i3.8612

Queiroz SIML; Assis GM; Silvestre VD; Germano AR; Silva JSP.(2014). Treatment of oral hemangioma with sclerotherapy: case report. Jornal Vascular Brasileiro. 13(3):249-253. FapUNIFESP (SciELO). [Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em http://dx.doi.org/10.1590/jvb.2014.035.

Rocha ABM et al.(2014) Escleroterapia de hemangioma em borda lateral de língua: relato de caso. Revista de Ciências Médicas e Biológicas, 13(3):398-402. [Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/bitstream/ri/23196/1/23_v.13_3.pdf.

Sales PHH et al(2017). Utilização de agente esclerosante no tratamento de hemangioma lingual: relato de caso. Revista de Odontologia da Universidade Cidade de São Paulo, 27(3):253. Cruzeiro do Sul Educacional. [Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.26843/ro_unicid.v27i3.256.

Silva AFM et al.(2014). O uso de oleato de monoetanolamina na escleroterapia de hemangioma labial. Rev. odontol. UNESP, 43. [Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em: https://revodontolunesp.com.br/article/588019c77f8c9d0a098b532c.

Silva IGS; Goulart MPC. Manejo terapêutico de lesões hemangiomatosas da boca: relatos de caso. 2020. 34 f. TCC (Graduação) - Curso de Odontologia, Odontologia, Universidade de Uberaba, Uberaba, 2020. [Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em: https://dspace.uniube.br/bitstream/123456789/1364/1/MANEJO%20TERAP%c3%8aUTICO%20DE%20LES%c3%95ES%20HEMANGIOMATOSAS%20DA%20BOCA%20-%20RELATOS%20DE%20CASO.pdf.

Yokota GM; Nadal L; Garbin Junior; Érnica NM; Griza GL; Conci RA. (2019). Tratamento incruento de hemangioma recidivante em maxila: relato de Caso. Revista Uningá, 56(S3):202–210. [Acesso em 2023 Abr 10]. Disponível em: https://doi.org/10.46311/2318-0579.56.eUJ2211

Downloads

Publicado

26-06-2023

Como Citar

1.
Tabosa HR, Monteiro RM, Lucena Filho AM de, Sousa DSO. Tratamento conservador do hemangioma bucal: revisão de literatura. RFPP [Internet]. 26º de junho de 2023 [citado 25º de junho de 2024];3(2). Disponível em: https://revistadeodontologia.facpp.edu.br/index.php/rfpp/article/view/83

Edição

Seção

Artigos