Remoção de resina residual após descolagem de bráquete ortodôntico e alteração do esmalte dental

REVISÃO DE LITERATURA

Autores

  • Nayane Lima Mendes Universidade Federal do Ceará
  • Edmara Ponte de Alcântara Rubió
  • Samuel Rocha França Universidade Federal do Ceará
  • Lidia Audrey Rocha Valadas Universidade Federal do Ceará
  • Celiane Mary Carneiro Tapety Universidade Federal do Ceará
  • Lidiane Costa de Souza Universidade Federal do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.59483/rfpp.v1n1.7

Palavras-chave:

Descolagem dentária; Ortodontia; Esmalte dentário; Resina composta; Rugosidade do esmalte.

Resumo

Objetivo: Realizar uma revisão de literatura sobre os protocolos já existentes para remoção de resina remanescente após o término do tratamento ortodôntico, a fim de determinar se há consenso sobre o(s) método(s) que causam menores danos ao esmalte dentário. Materiais e Métodos: Realizou-se uma busca nas bases de dados PubMed e Lilacs utilizando os descritores “dental debonding”, “orthodontics”, "dental enamel", "composite resin", “enamel roughness”, de forma cruzada sendo identificados 95 artigos em inglês, publicados entre os anos de 2011 e 2021. Após critérios de inclusão (estudos laboratoriais e ensaios clínicos em que se usasse apenas bráquetes metálicos) e exclusão (estudos laboratoriais que não usassem dentes humanos, artigos de revisão de literatura e de relatos de casos clínicos), foram selecionados 14 artigos. Resultados: Os métodos utilizados para remoção de resina residual nos artigos selecionados foram: brocas multilaminadas em alta e baixa rotação, pontas diamantadas, pontas de fibra de vidro, discos abrasivos, laser e vidro bioactivo QMAT3. Todos os estudos selecionados relataram alteração da superfície do esmalte dentário após essa remoção. Entretanto, a utilização da ponta de fibra de vidro parece ser o método que causa menor alteração nessa superfície. Conclusão: Não há um consenso estabelecido na literatura que determine um protocolo seguro a ser seguido, no entanto existem associações de métodos de remoção e polimento que alteram minimamente a superfície, tornando-as alterações clinicamente irrelevantes.

Biografia do Autor

Nayane Lima Mendes, Universidade Federal do Ceará

Graduada em Odontologia pela Universidade Federal do Ceará.

Samuel Rocha França, Universidade Federal do Ceará

Gaduado em Odontologia pela Universidade Federal do Ceará.

Lidia Audrey Rocha Valadas, Universidade Federal do Ceará

Graduação em Odontologia (UFC), Doutora em Desenvolvimento de Medicamentos Especialista em Farmacologia Clínica (2016) e Implantodontia (2019) com Aperfeiçoamento em Cirurgia e Traumatologia-Buco-Maxilo-Facial.

Celiane Mary Carneiro Tapety, Universidade Federal do Ceará

Possui graduação em Odontologia pela Universidade Federal do Ceará (1997), mestrado em Dentística Restauradora pela Universidade de São Paulo/Faculdade de Odontologia de Bauru (2001), Doutorado em Dentística Restauradora pela Universidade de São Paulo/Faculdade de Odontologia de Bauru (2004) e Pós Doutorado pelo CNPq (2006). Atualmente Professora Adjunta em Dentìstica da Universidade Federal do Ceará - Campus Sobral. 

Lidiane Costa de Souza, Universidade Federal do Ceará

Professora adjunta na Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Ceará campus Sobral desde agosto de 2018. Professora na Faculdade de Odontologia Paulo Picanço de abril de 2017 a julho de 2018. Professora substituta na Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Ceará campus Sobral de maio de 2016 a abril de 2018. Doutora em Odontologia pela Universidade Federal do Ceará em janeiro de 2018. Mestre em Odontologia pela Universidade Federal do Ceará em julho de 2013. Graduada em Odontologia pela Universidade Federal do Ceará em 5 de Julho de 2010 Aperfeiçoamento em Denstítica Estética pela Associação Brasileira de Odontologia - seção Ceará em janeiro de 2017 Pesquisa em adesivos dentinários, cimentos resinosos, agentes de ligação cruzada Bolsista de Produtividade em Pesquisa, Estímulo à Interiorização e à Inovação Tecnológica ? BPI/FUNCAP

Downloads

Publicado

22-12-2021

Como Citar

1.
Mendes NL, Rubió EP de A, França SR, Valadas LAR, Tapety CMC, Souza LC de. Remoção de resina residual após descolagem de bráquete ortodôntico e alteração do esmalte dental: REVISÃO DE LITERATURA. RFPP [Internet]. 22º de dezembro de 2021 [citado 25º de junho de 2024];1(1). Disponível em: https://revistadeodontologia.facpp.edu.br/index.php/rfpp/article/view/7

Edição

Seção

Artigos