Risco de fratura mandibular durante exodontia de terceiro molar

relato de caso

Autores

  • Maria Clara Rodrigues Chaves Faculdade Paulo Picanço
  • Radamés Bezerra Melo Faculdade Paulo Picanço

DOI:

https://doi.org/10.59483/rfpp.v2n4.56

Palavras-chave:

Fratura mandibular, Terceiro molar, Exodontia de terceiro molar - complicações

Resumo

Os terceiros molares inferiores apresentam maior prevalência de inclusão. Quando indicada, a exodontia desses dentes pode resultar em acidentes e complicações, como a fratura mandibular. Dessa forma, o objetivo deste trabalho é apresentar um caso clínico de exodontia do terceiro molar com risco de fratura mandibular, expondo medidas preventivas e métodos de tratamento. Para melhor análise desta pesquisa, foi feito um relato de caso de um paciente do sexo masculino, 21 anos, apresentava segundos e terceiros molares inferiores impactados, sendo os dentes 37 e 38 localizados na base da mandíbula, abaixo do nervo alveolar inferior. Para a extração, uma grande área de desgaste ósseo seria feito, com isso, um acidente de fratura mandibular poderia ocorrer. Por isso, foi optado por realizar a extração sob anestesia geral em ambiente hospitalar, pois, se houvesse a fratura, teria como reduzir e fixá-la. O procedimento foi realizado sem intercorrência, entretanto, era possível se ter uma complicação de
fratura mandibular no pós-operatório, devido a algum trauma, posto que a mandíbula ficou muito fragilizada. Para se evitar essa complicação, optou-se por realizar a técnica de Champy, instalação de uma placa na linha oblíqua externa. Paciente evoluiu com uma parestesia transitória durante 3 meses, após esse período, houve o retorno sensível total dos nervos alveolar inferior e mentual, não sendo observada nenhum déficit funcional. Paciente encontra-se em ótima recuperação. Nesse contexto, destaca-se que as complicações em exodontias são sempre um fator que se deve ponderar ao planejar uma cirurgia. Nesse caso, utilizou-se uma técnica para prevenir uma fratura mandibular durante o pósoperatório, devido à grande fragilidade mandibular na ostectomia cirúrgica.

Biografia do Autor

Maria Clara Rodrigues Chaves, Faculdade Paulo Picanço

Graduada em Odontologia pela Faculdade Paulo Picanço

Radamés Bezerra Melo, Faculdade Paulo Picanço

Doutor e Mestre em Cirurgia e Graduado em Odontologia pela Universidade Federal do Ceará. Professor da Faculdade Paulo Picanço.

Referências

Oliveira CCMX, Silva Júnior EZ, Brasil Júnior O, Almeida HCR, Pacheco GM. Fractured mandible during impacted third molar exodontia: a case report. Rev Cir Traumatol Buco-Maxilo-Fac. 2013 out/dez; 13(4):15-20.

Singh YK, Adamo AK, Parikh N, Buchbinder D. Transcervical removal of an impacted third molar: an uncommon indication J Oral Maxillofac Surg. 2014 Mar;72(3):470-3.

Longwe EA, Zola MB, Bonnick A, Rosenberg D. Treatment of mandibular fractures via transoral 2.0-mm miniplate fixation with 2 weeks of maxilomandibular fixation: a retrospective study. J Oral Maxillofac Surg. 2010; 68 (12):2943-2946.

Bodner L, Brennan PA, McLeod NM. Characteristics of iatrogenic mandibular fractures associated with tooth removal: review and analysis of 189 cases. Br J Oral Maxillofac Surg. 2011; 49 (7): 567–572.

Pires WR, Bonardi JP, Faverani LP, Momesso GA, Muñoz XM, et al. Late mandibular fracture occurring in the postoperative period after third molar removal: systematic review and analysis of 124 cases. Int J Oral Maxillofac Surg. 2017 Jan;46(1):46-53

Xu F, Zhang HX. Comparison of minimally invasive extraction and traditional method in the extraction of impacted mandibular third molar. Shanghai Kou Qiang Yi Xue. 2016 Oct;25(5):613-616.

Rodrigues AT, Oliveira MTF, Paiva LGJ, Rocha FS, Silva MCP, et al. Fracture during third molar removal: risk factors, preventive measures and treatment methods. Rev Odontol Bras Central. 2013;22(63):124-127.

Adeyemo WL, Ogunlewe MO, Ladeinde AL, Abib GT, Gbotorun OM, Oljede OC, et al. Prevalence and surgical morbidity of impacted mandibular third molarremoval in the aging population: a retrospective study at the Lagos University Teaching Hospital. Afr J Med Sci. 2006; 35 (4):479–83.

Lim HY, Jung TY, Park SJ. Evaluation of postoperative complications according to treatment of third molars in mandibularangle fracture. J Korean Assoc Oral Maxillofac Surg. 2017 Feb;43(1):37-41

Tsamis C, Rodiou S, Stratos A, Gkantidis N. Removal of a severely impacted mandibular third molar minimizing the risks of compromised periodontium, nerve injury, and mandibular fracture. Quintessence Int. 2018;49(1):41-48.

Libersa P, Roze D, Cachart T, Libersa JC. Immediate and late mandibular fractures after third molar removal. J. Oral Maxillofac Surg. 2002 Feb; 60 (2):163-165.

Adeyemo WL, Ogunlewe MO, Ladeinde AL, Abib GT, Gbotorun OM, Oljede OC, et al. Prevalence and surgical morbidity of impacted mandibular third molar removal in the aging population: a retrospective study at the Lagos University Teaching Hospital. Afr J Med Sci. 2006 Dec; 35 (4):479–83.

Downloads

Publicado

31-01-2023

Como Citar

1.
Chaves MCR, Melo RB. Risco de fratura mandibular durante exodontia de terceiro molar: relato de caso. RFPP [Internet]. 31º de janeiro de 2023 [citado 30º de maio de 2024];2(4). Disponível em: https://revistadeodontologia.facpp.edu.br/index.php/rfpp/article/view/56

Edição

Seção

Artigos