Impacto da frenectomia lingual na qualidade de vida de bebês e seus pais

Autores

  • Laríssia Honório Terceiro Universidade de Fortaleza
  • Laís Honório Terceiro
  • Marília Sydrião Peixoto Universidade de Fortaleza
  • Anastácia Leite Jucá Ramalho Universidade de Fortaleza

DOI:

https://doi.org/10.59483/rfpp.v2n1.18

Palavras-chave:

Odontopediatria, Anquiloglossia, Frenectomia lingual

Resumo

Introdução: A anquiloglossia, popularmente conhecida como “língua presa”, define-se como uma alteração na inserção inadequada do freio lingual levando a uma redução em sua mobilidade. Essa condição pode interferir na qualidade de vida, principalmente durante a primeira infância ao trazer dificuldades no importante ato da amamentação ou desenvolvimento da fonação. Objetivo: Avaliar, por meio de uma revisão de literatura, o impacto da frenectomia lingual na qualidade de vida de bebês e seus responsáveis. Metodologia: Realizou-se uma busca de artigos dos últimos cinco anos nas bases de dados da PUBMED, SCIELO, LILACS e GOOGLE ACADÊMICO nos idiomas português, inglês e espanhol com os descritores “Anquiloglossia”, “Saúde do lactente” e “Qualidade de vida”, sendo encontrados trinta e um artigos. Após o critério de exclusão, foram selecionados onze artigos para a amostra. Revisão de Literatura: A amamentação traz inúmeros benefícios à vida da criança, diante disso, é imprescindível que se realize o tratamento adequado. A frenectomia lingual, é um procedimento que vai corrigir a língua presa, apresenta uma alta eficácia e é minimamente invasivo. Assim, é comprovado que a correção da língua presa vai ser associada a uma melhora significativa no refluxo infantil, na autoconfiança das mães com a amamentação e a dor nos mamilos durante esse período e, consequentemente, uma boa sintonia entre os familiares. Conclusão: Para o tratamento da anquiloglossia necessita-se de uma equipe multidisciplinar, pois essa resolução não traz melhoras significativas apenas para o bebê, mas também é fundamental na manutenção da qualidade de vida de toda a família.

Biografia do Autor

Laríssia Honório Terceiro, Universidade de Fortaleza

Graduanda do curso de Odontologia da Universidade de Fortaleza-CE (UNIFOR).

Laís Honório Terceiro

Graduada do curso de Odontologia da Universidade de Fortaleza-CE (UNIFOR).

Marília Sydrião Peixoto, Universidade de Fortaleza

Graduanda do curso de Odontologia da Universidade de Fortaleza-CE (UNIFOR).

Anastácia Leite Jucá Ramalho, Universidade de Fortaleza

Docente do curso de Odontologia da Universidade de Fortaleza-CE (UNIFOR).

Downloads

Publicado

14-05-2022

Como Citar

1.
Terceiro LH, Terceiro LH, Peixoto MS, Ramalho ALJ. Impacto da frenectomia lingual na qualidade de vida de bebês e seus pais. RFPP [Internet]. 14º de maio de 2022 [citado 30º de maio de 2024];2(1):8. Disponível em: https://revistadeodontologia.facpp.edu.br/index.php/rfpp/article/view/18

Edição

Seção

Artigos